• Encontro de Novos Dirigentes 2023 tem participação do Sebrae como parceiro estratégico para o desenvolvimento

    Publicado em 24.01.2023 às 18:32

    Com o objetivo de agregar conhecimento aos novos dirigentes sindicais do estado, a Federação de Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg) está promovendo o Encontro de Novos Dirigentes 2023, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Goiás (Senar), Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária de Goiás (Ifag), Sebrae Goiás e sindicatos rurais. Nos dias 23 e 24 de janeiro cerca de 150 representantes sindicais, autoridades e convidados marcam presença no evento, que está sendo realizado no Castro’s Park Hotel, em Goiânia.

    O diretor superintendente do Sebrae Goiás, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, e o presidente do Conselho Deliberativo Estadual (CDE), José Mário Schreiner, que também foi eleito recentemente como presidente da Faeg, apresentaram temas importantes aos novos dirigentes.

    O Sebrae Goiás dispõe de um convênio junto à Faeg possibilitando a capacitação, o conhecimento, o planejamento e o desenvolvimento dos produtores e empreendedores rurais. De acordo com o analista de agronegócio do Sebrae Goiás Vitor Hugo Duarte, o encontro é de suma importância para a apresentação de todos os produtos e serviços da Faeg, do Senar e do Sebrae aos novos dirigentes.

    “Este é um evento de imersão de dois dias, no qual estão apresentando todo esse portfólio que as instituições possuem. Além disso, diversas pesquisas realizadas no estado estão sendo divulgadas para o setor rural neste primeiro encontro. A ideia é que esses diretores saiam daqui com bastante conhecimento sobre as ações que eles podem oferecer ao longo de seus mandatos, à frente dos sindicatos rurais”, destacou.

    Segundo o analista, quanto mais fortes estiverem os produtores, mais fortes estarão as entidades que os representam, por isso, a maior quantidade de informação possível será passada aos dirigentes, que devem repassar aos associados, resultando no desenvolvimento das propriedades e negócios.

    Durante a abertura do evento, o diretor superintendente Antônio Carlos falou sobre a relevância da instituição para a vida dos atuantes no agronegócio, além de citar todas as vantagens oferecidas. “O público do Sebrae são os pequenos negócios em todas as vertentes, inclusive da agropecuária e do agronegócio. Atuamos de forma transversal no comércio, na indústria e nos serviços. As soluções vão desde o diagnóstico, passando pela capacitação e pela consultoria, chegando às missões técnicas”, ressaltou.

    Para o presidente do CDE do Sebrae Goiás e da Faeg, José Mário Schreiner, o evento auxilia na formação de lideranças, formando pessoas para a ocupação das posições mais importantes frente ao agronegócio. Ainda no início do evento, Schreiner apresentou aos dirigentes o papel das instituições e a política classista, pontuando em relação ao trabalho positivo do Sebrae Goiás para o agronegócio.

    Outros temas também foram abordados ao longo do primeiro dia, como os desafios, mercados, relações institucionais, meio ambiente, estrutura do sistema sindical, importância da representação de classe, sustentabilidade do sistema, possibilidades de inovação e prestação de serviços, comunicação estratégica e parceria com o Senar Goiás.