• Libertadores: Guerrero brilha e Inter vence na fase de grupos

    Publicado em 3.03.2020 às 22:45

    O atacante peruano Guerero brilhou e ajudou o Internacional a derrotar a Universidad Católica (Chile) por 3 a 0 em jogo válido pela primeira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

    Na partida realizada no estádio do Beira Rio, Guerrero foi o grande destaque, marcando dois gols e dando uma assistência, para o terceiro gol, do meia-atacante Marcos Guilherme.

    O primeiro tempo da partida ficou marcado pelo domínio do colorado, que teve mais posse de bola e impedia o time chileno de criar oportunidades.

    Gols no segundo tempo

    Mas a vitória do Internacional só começou a ser construída aos 15 minutos da etapa final, quando Boschilia sofre falta da entrada da área. Guerrero cobra, a bola desvia no lateral Asta-Buruaga e engana o goleiro Dituro.

    O segundo gol não demora a sair. Aos 21 Dituro erra ao repor a bola em jogo, o meia Thiago Galhardo recupera a bola e toca para Guerrero, que apenas desloca o goleiro.

    E o peruano volta a brilhar quatro minutos depois, quando, após boa trama do Inter, toca para Marcos Guilherme fazer 3 a 0.

    Com esta vitória o Internacional inicia muito bem sua caminhada no grupo E da Libertadores. O próximo compromisso do colorado na competição é no dia 12 de março, quando enfrenta o Grêmio em Porto Alegre.

    Vitória de virada

    Quem também venceu pela Libertadores nesta terça foi o Santos, que, mesmo fora de casa, superou o Defensa y Justicia (Argentina) por 2 a 1.

    Na partida realizada no estádio Norberto Tomaghello, o zagueiro Juan Rodríguez abriu o placar para o time argentino no final do primeiro tempo.

    Mas no segundo tempo a equipe paulista melhorou na partida e conseguiu a virada. O primeiro gol do Santos saiu com o volante Jobson, após cruzamento de Soteldo.

    E o gol da virada sai novamente de jogada de Soteldo, que toca para o atacante Kaio Jorge vencer o goleiro Unsain.

    O próximo desafio do Santos na Libertadores é no dia 10 de março, quando enfrenta o Delfín (Equador) na Vila Belmiro.(Agência Brasil)