• Sandro Mabel comemora premiação mundial recebida por alunos Sesi Goiás

    Publicado em 13.07.2021 às 16:10

    No último sábado (10-07), a equipe Geartech Canaã, da Escola Sesi Canaã, de Goiânia, venceu o Torneio Asia Pacific Open Championships 2021, a competição mundial foi realizada de 9 a 11 de julho, na Austrália. O time do Sesi Goiás ficou em 1º lugar geral e, também, levou o 3° lugar do Prêmio Pensamento Criativo e Melhor Robô e Finalistas da Aliança. Orgulhoso da conquista, o presidente da Federação das Indústrias do estado de Goiás (Fieg) e dos Conselhos Regionais do Sesi e Senai, Sandro Mabel, parabenizou os jovens campeões e enfatizou a participação dos professores. “Esta garotada é um orgulho para nós. Os nossos professores são craques demais, estamos muito orgulhosos” – disse.
    Logo após o resultado da competição de robótica, Sandro anunciou um investimento de R$15 milhões para modernização de laboratórios e equipamentos das Escolas Sesi Goiás. Com um dos melhores ensinos do país, o gestor da Fieg destacou o preparo dos alunos para o mercado de trabalho. “Nós temos investido muito dinheiro, nos últimos três anos, nas equipes e na formação de jovens que irão para as indústrias. Temos muitos jovens prontos para ir trabalhar na área industrial” – enfatizou
    Além dos estudo e da participação em competições nacionais e internacionais, os alunos Sesi também têm a oportunidade de ingressarem no mercado de trabalho por meio do estágio Iel. Para isso, Sandro ressalta a importância de os empresários oferecerem caminhos para colocar em prática tudo que os estudantes aprendem nas escolas. “Precisamos dar força e contratar jovens como esses, senão eles partem para outras áreas e perdemos esta formação” – comentou.
    A metodologia educacional da instituição do Sistema S ganhou destaque no país pela formação dos alunos. Com a união do ensino em língua portuguesa, língua inglesa e programação, Sandro enfatizou que as escolas estão formando verdadeiros campões. “Todas as nossas escolas estão se transformando em tri lingue: português, Inglês e programação. Formaremos os alunos mais campeões, e iremos crescer muito nosso investimento na área de educação. Queremos dobrar nossa rede nos próximos seis anos. Estamos muito animados e vamos chegar a formar a maior força de mão de obra para a indústria do país” – projetou Sandro.